Esquadrão Suicida e o Erro na Cronologia da DC nos Cinemas

Cinema, Variedades| Visitas: : 959

Esquadrão Suicida (Suicide Squad) já era um dos filmes mais aguardados do ano, especialmente pelos fãs da DC Comics, assim como este que vos escreve. Porém, com o último Trailer do filme, lançado no Hall H da San Diego Comic Con, surge um problema na linha cronológica desse Universo DC (DCU) nos cinemas, os meta-humanos (pessoas com poderes). Afinal, eles já existiam antes do Superman? E se existiam, por que ninguém, nem mesmo o Batman sabia da existência deles?

Pra que você entenda o erro, é preciso organizar os acontecimentos desde O Homem de Aço (Man of Steel), que é o marco zero do projeto de expansão do Universo DC nos cinemas e a correlação desses acontecimentos com Batman vs Superman: A Origem da Justiça (Batman vs Superman: Dawn of Justice), afinal a DC agora não quer apenas filmes isolados de seus personagens, quer seguir a trilha de sucesso da Marvel e apresentar mais personagens, cruzar as histórias desses personagens. Essa é a ideia de levar um universo das HQs ao cinema.

Vamos lá:

O Homem de Aço nos apresenta o tom dos novos filmes da parceria WB/DC não apenas em luz e sombra, mas também em efeitos visuais e densidade de roteiro. Isso segue diretamente para Batman vs Superman (aqui falando da versão estendida, esqueça aquela porcaria que foi a versão apresentada nos cinemas).

Embora O Homem de Aço seja o Marco Zero do DCU, em Batman vs Superman ficamos sabendo que o Homem Morcego já combatia o crime há cerca de vinte anos, 18 anos ANTES da aparição do Superman, e é aí que a coisa fica estranha…

imagem1

Quando Bruce Wayne decodifica os dados roubados da mansão do Luthor, a fim de descobrir sobre o tal “Português Branco” (em Batman vs Superman), se depara com uma pasta intitulada “Meta_Humanos” e, como você bem deve lembrar, nessa pasta continha arquivos e filmagens dos futuros membros da Liga da Justiça: Mulher-Maravilha, Aquaman, Ciborgue e Flash, como pode ver na imagem abaixo:

imagem2

E essa (abaixo) foi a exata expressão de Bruce Wayne ao se depara com o conteúdo daquela pasta – embora no corte do filme não mostre a tela do bat-computador exibindo os vídeos. Isso (exibição dos vídeos) apenas acontece  quando Diana Prince, a Mulher-Maravilha, o faz de seu quarto de hotel. No entanto, a cena deixa bem claro que Wayne assistiu aos vídeos e ficou impressionado:

imagem3

Agora… Você se lembra das palavras de Bruce Wayne para Diana Prince no velório de Clark Kent? Não? Então vou refrescar sua memória com a imagem abaixo:

imagem4

“Me ajude a ENCONTRAR OUTROS IGUAIS A VOCÊ”. Ou seja, em 20 anos de combate ao crime Batman NUNCA se deparou com nenhum Meta-Humano. E pior: nunca havia tido sequer notícias da existência destes inclusive em outras cidades famosas do DCU, como Star City (lar do Arqueiro Verde), Gateway City (lar da Mulher-Maravilha, e outros heróis), Central City (lar do Flash) dentre outras.

Quanto às cidades é até possível dar um desconto para a WB por somente ter apresentado aos cinemas Gotham e Metropolis. E pela conversa de Bruce e Alfred na primeira imagem, Bruce dá a entender que durante seus vinte anos de atuação não saiu de Gotham.

Mas o que realmente é estranho mesmo é que ninguém, em cidade nenhuma do DCU, JAMAIS ouviu falar sobre nenhum Meta-Humano. Se lembra da fala da senadora Finch, com tom de deboche, quando Lex Luthor lhe apresenta o fragmento de Kryptonita?

imagem5

Não acha interessante o uso do termo “TESE”? Com esta frase, a senadora Finch acaba de comprovar que mais ninguém, no DCU, havia ouvido falar de pessoas com super poderes, a não ser Luthor.

Você já deve estar entendendo aonde quero chegar.

No último Trailer de Esquadrão Suicida, apresentado na Comic Con, Amanda Waller, em reunião secreta para formar o time de vilões, diz “A próxima guerra será lutada com esses meta-humanos”.

imagem6

É agora que a coisa fica interessante, pois Esquadrão Suicida se passa logo após Batman vs Superman.

O Esquadrão Suicida não é um grupo DE meta-humanos, é um grupo COM meta-humanos. Não são todos os personagens da história que possuem poderes especiais. Como é o caso da Magia, Katana (que embora não tenha poderes, é portadora de uma espada com poderes) e Crocodilo*.

*Obs: Crocodilo é sempre uma variável quanto as suas características meta-humanas. Nas HQs ele já teve diversas caracterizações físicas, desde um humano com uma rara doença em sua epiderme e força equivalente a um atleta Strongest Man, até uma criatura dotada de calda, couraça mega resistente e força sobre-humana que mais está para um mutante. Essa última é inclusive a versão mais famosa do vilão. Usada também nos games e animações do Homem Morcego.

Da mesma forma que há essa variação de aparência e força, a explicação de sua doença de pele varia desde a hiperceratose epidermolítica (que inclusive é citada na animação Batman: Gotham Knight, 2008) até o atavismo, usado na adaptação do personagem para o cinema. Esta última trazendo questionamentos evolucionários sobre o personagem.

Por essas razões estou considerando Crocodilo como Meta-Humano.

A grande questão aqui é que antes do Superman aparecer, NENHUM meta-humano havia dado as caras no DCU, sequer houve menção disso em O Homem de Aço. As únicas menções a atuação de meta-humanos estão em Batman vs Superman e em Esquadrão Suicida. Sendo assim, em que ponto dessa cronologia os Meta-Humanos se enquadram?  Como surgiram? E os Meta-Humanos inimigos do Batman? Também não existem? Vão começar a aparecer agora, depois de 20 anos de existência do vigilante de Gotham?

Percebem o erro cronológico que a WB e a DC criaram em seu DCU? O grande problema é que isso não tem como ser consertado. Terão de tocar o barco assim mesmo. Uma coisa é você deixar abertura para expansão do universo DC nos cinemas, outra coisa é você querer fechar tantos as lacunas que acaba por gerar outras. Especialmente se considerarmos os vintes anos de atuação do Batman.

Como o maior detetive das HQs nunca ficou sabendo da existência de pessoas superpoderosas em vinte anos de combate ao crime, enfrentando toda sorte de vilões? E agora, depois de tanto tempo, começam a surgir pessoas dotadas de superpoderes, do nada? Essa é a solução da DC e da WB para o problema?

É fato: esse erro pode acabar atrapalhando muito o desenvolvimento do DCU nos cinemas. Resta aguardar pra saber como WB e DC vão lidar com isso.

Compartilhe: