ASSASSIN’S CREED CHRONICLES | QUICK MATCH

Quick Match| Visitas: : 247

O QUICK MATCH tá na área aqui no LEPOP  trazendo uma breve análise daquele game que já está entre nós há algum tempo, mas ainda é assunto nas conversas da galera que é fã, e para você que precisa de uma informação rápida sem muita enrolação este é o lugar certo. Curtiu? Então bora lá, porque hoje temos Assassin’s Creed Chronicles!

 

Ficha Técnica

 

Título: Assassin’s Creed Chronicles

Lançamento Cap. China:  21/04/2015

Lançamento Cap. India:  12/01/2016

Lançamento Cap. Russia: 09/02/2016

Assassin’s Creed Chronicles Trilogy Pack: 09/02/2016

Assassin’s Creed Chronicles Trilogy Pack (ps vita): 05/04/2016

Platarforma: PC, PS4, Xbox One, Ps Vita

Desenvolvedora: Climax

Distribuidora: Ubisoft

 

 

Não há duvidas que Assassin’s Creed já é uma das maiores franquias dos games, acompanhando o sucesso que o game possuí foram lançados livros, HQs, filmes entre outros conteúdos que de certa forma, introduziam novos assassinos ou simplesmente complementavam a história de alguns deles. As vésperas do lançamento de Assassin’s Creed Origins, que contará como tudo começou, nada melhor do que fazer um esquenta e conhecermos um pouco mais de um game; aliás, três games que não seguem graficamente o estilão que conhecemos dos jogos anteriores,  mas que mantém bastante dos elementos já vistos.

 

Tela de seleção dos capítulos.

 

Trama

 Assassin’s Creed Chronicles: China

Se passa em 1526 e conta a história de Shao Jun, uma Assassina chinesa que viveu durante a queda da Dinastia Ming. Treinada por Ezio Auditore, Shao Jun costumava ser uma concubina do imperador chinês antes de ser resgatada pela Irmandade dos Assassinos. Devidamente treinada, regressa à sua terra natal para executar uma vingança sobre os Oito Tigres, um grupo templário que eliminou a Irmandade Chinesa.  Assassin’s Creed China é uma continuação direta da animação Embers.

Assassin’s Creed Chronicles: India

É o segundo capítulo da trilogia e conta a história do assassino Arbaaz Mir, que precisará reaver um artefato que pertence a ordem dos Assassinos e matar o templário que o roubou, enquanto protege os amigos e a sua amada. A historia se passa em 1841, durante as tensões entre o Império Sikh e a Companhia da Índia. São apresentadas algumas armas novas na série, vale lembrar que Arbaaz Mir foi o protagonista de Assassin’s Creed: Brahman.

 Assassin’s Creed Chronicles: Russia

Você assume o comando do assassino russo Nikolai Orelov em 1918, na consequência da Revolução de Outubro. Orelov quer deixar o país com a família, mas precisa realizar uma ultima missão para a Ordem: infiltrar-se na casa onde a família do Czar está presa pelos Bolcheviques e roubar um artefato que é desde séculos o objeto de luta entre assassinos e templários. Pelo caminho, é testemunha do massacre dos filhos do Czar pela Tcheka, a Polícia Secreta Bolchevique, mas consegue salvar a princesa Anastasia. Orelov tem de fugir dos templários enquanto protege o artefato e Anastasia.

 

Arbazz Mir, Shao Jun, Nikolaï Orelov

 

O Jogo

Assassin’s Creed Chronicles é um game em 2.5D, possui jogabilidade lateral e gráfico tridimensionais. Os elementos clássicos da série estão lá,como o parkour, os Saltos de Fé (Leap of Faith), os assassinatos, o uso da ação furtiva (stealth), a “visão de águia” entre outros.

Durante o game será necessário percorrer o mesmo nível várias vezes para poder cumprir tanto os objetivos principais como os secundários, os inimigos podem ser evitados ou eliminados, o que pode acabar influenciando na sua pontuação mais tarde.

O jogador poderá usar os diversos esconderijos espalhados pelo cenário para se esconder e poder se movimentar sem se detectado, os níveis possuem segredos que ampliam a história e cada personagem possuí estilos diferentes:

  • Na China, Shao Jun, é rápida e consegue eliminar adversários com muita destreza;
  • Na Índia, o assassino Arbazz Mir tem movimentos mais lentos, mas é melhor nos combates;
  • Na Rússia, Nikolaï Orelov utiliza uma espingarda como arma.

 

Gráficos

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer em específico esse game da franquia, ele não é parecido nem um pouco com o que estamos acostumados a ver, os gráficos dele são bem mais simples, no entanto, possuem qualidade e beleza.

 

Nikolaï Orelov em Assassin’s Creed Russia.

 

Shao Jun em ação.

 

Comandos

O título foi jogado no PS Vita, com as diversas opções para usar  como distração ou em combate, ficou difícil memorizar os comandos no console no primeiro momento,  mas conforme o jogo se desenrola a tendência é o jogador pegar o jeito da coisa.

 

 

Concluindo…

 Assassin’s Creed Chronicles é um game que vale a pena jogar, os elementos que conhecemos estão lá e as histórias não são tão longas – o que para alguns pode pesar contra, para outros que não dispõem de muito tempo para jogar pode ser uma ótima opção. Isso é algo que varia de acordo com cada ponto de vista. Se você não assistiu a Assassin’s Creed Embers vale a pena conferir no final da matéria; o jogo de certa forma tem lá sua relação com a animação, que serve também como complemento da saga de Ezio Auditore.

Finalizando, Assassin’s Creed Chronicles possui todos os desafios que os games de série possuem e deve agradar a maioria dos fãs.

 

Pontos Fortes

  • Exploração em profundidade aumentam as estratégias possíveis
  • Combates com elementos tradicionais da série

Pontos Fracos

  • Histórias curtas
  • Jogabilidade pode atrapalhar um pouco

 

 

Assassin’s Creed Embers:

 

 

Não deixe de acompanhar as próximas análises do QUICK MATCH aqui no LE|POP.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos e não deixe de se inscrever em nosso canal do YouTube, curtir nossa página no Facebook, seguir a gente no Twitter. E, claro, deixar aquele joinha e comentar.

Até o próximo QUICK MATCH.

Compartilhe: