Le|Pop
everyday-LEPOP

EVERYDAY CHEMISTRY | O ÁLBUM DOS BEATLES DE OUTRO UNIVERSO

Ir e voltar no tempo é motivo de discussão sem qualquer tipo de conclusão, o que de fato aconteceria se conseguíssemos mudar algum acontecimento importante no passado? Alteraríamos o nosso presente e futuro ou criaríamos uma realidade alternativa, um universo paralelo?
Seria a história do álbum Everyday Chemistry real ?

Pesquisas, teorias, games, hqs e séries

Multiverso

A verdade é que a existência de Universos paralelos já são pesquisadas e até agora, segundo as informações que temos, sim, eles existem. Algumas teorias, dão conta de que nos Universos Paralelos que existem, há sósias nossos. Esses sósias trabalham em profissões diferentes da que atuamos, possuem caráteres diferentes, entre outras coisas, resumindo são pessoas iguais a nós, com o mesmo nome, aparência, vivendo uma vida completamente diferente da que vivemos aqui.

Nas hqs tanto Marvel quanto DC o tema é abordado de várias maneiras e muitas vezes usado para justificar a existência de um ou mais personagens iguais, suas ações e por aí vai. Um outro exemplo bem legal disso é o game Chrono Cross, em que o personagem principal está vivo em um universo e morto no outro.

O tema é bem amplo e gera muita curiosidade, mas o seriado The Flash aborda o tema de uma maneira bem interessante e nos da uma explicação até que convincente a respeito. Bom chega de conversa e vamos ao que interessa.

A história de James Richards

James conta que em 09 de setembro de 2009, experimentou algo que não conseguia acreditar e acabou ficando com uma fita cassete contendo um álbum dos Beatles que nunca foi lançado ou gravado aqui em nossa realidade. O tal álbum foi gravado pelos integrantes originais da banda, que além de estarem muito bem de saúde, estavam em plena atividade.

Os Beatles (Mas estes são os dessa realidade)

Ele acordou em uma casa estranha, a casa de Jonas, que alegou ter o levado para sua casa para cuidar dos seus ferimentos, foi ai que o tal Jonas durante uma longa conversa explicou os detalhes sobre a viagem entre mundos, que estas tais viagens eram perigosas e que muitas vezes, quem as realizava acabava morto por inúmeros fatores, falaram sobre a maquina responsável pela possibilidade dessas viagens e as diferenças que haviam entre os universos.

Jonas mostrou algumas fitas (já que não havia cds naquele mundo) uma delas era a dos Beatles, e mencionou que a banda havia realizado um show recentemente na cidade. Segundo James, após a conversa ele pegou uma fita e colocou em seu bolso escondido, já que Jonas tinha dito que ele não estava autorizado a levar nada daquele mundo para o nosso.

Após outra conversa com Jonas, James foi enviado de volta para o nosso mundo através de um portal, relatou algo sobre se sentir molhado apesar de constatar estar seco ao atravessar o tal portal. Sobre a fita, James diz não ter nenhuma informação a respeito além dos nomes das músicas escritas a mão e o nome do álbum Everyday Chemistry.

Bom galera, se essa história é real, não sabemos. Mas é fato que o tema mexe bastante com a nossa imaginação, não é mesmo?

Espero que tenham curtido, até à próxima!

Acompanhe mais do LEPOP:
Gosta de Contos e Literatura? Então conheça o CRONICANDO
Gosta de Games? Então dê uma conferida no LEPOPGAMES e no QUICK MATCH
Gosta de Podcast? Então ouça o LEPOPCAST.
Gosta de Action Figures? Então acompanhe o LEPOP ACTION REVIEW.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos e não deixe de se inscrever em nosso canal do YouTube, curtir nossa página no Facebook, seguir a gente no Twitter. E, claro, deixar aquele joinha e comentar.


Carlo Barbagalo

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e Educação física, gosta de musculação e artes marciais. Atualmente está focado em seu desenvolvimento pessoal e nas horas vagas coleciona figuras de ação de tokusatsus, curte games, cinema e séries.