Le|Pop
fighting-force-LEPOP

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH

QUICK MATCH tá na área aqui no LEPOP trazendo uma breve análise daquele game que já está entre nós há algum tempo e nesse caso muito tempo mesmo, mas ainda é assunto nas conversas da galera que é fã, e para você que precisa de uma informação rápida sem muita enrolação este é o lugar certo. Curtiu? Então bora lá, porque hoje temos Fighting Force!

Ficha Técnica

Título: Fighting Force
Lançamento: 31/10/1997
Plataforma:  Playstation, Nintendo 64 e Windows
Desenvolvedora: Core Design
Distribuidora: Eidos Interactive

Fighting Force é um daqueles clássicos que são inesquecíveis, pertencente ao gênero beat ’em up, o game segue a linha de gigantes como Final Fight e Street of Rage. Logicamente o jogo é bem mais divertido quando jogado em dupla, mas o single player não fica para trás e dá pra zuerar à vontade. Outra coisa bem bacana, é a possibilidade de escolher entre quatro personagens diferentes, cada um com suas características e golpes que permitem fazer um bom estrago durante as batalhas de cada cenário.

No Japão o game é conhecido como Metal Fist e foi lançado para PlayStation em novembro de 1997, para Microsoft Windows em janeiro de 1998 e para Nintendo 64 em dezembro de 1999. Desenvolvido pela Core Design e publicado pela Eidos Interactive (nas versões PS e PC) e Crave Entertainment (para a versão N64).

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH 1
Isso ao pé da mina, era para ser uma shotgun… acreditem se quiser!

Trama

Os quatro personagens devem lutar contra Zeng, um criminoso que previu o fim do mundo no ano 2000 e ao identificar que existia algo impedindo o apocalipse, o cara decide destruir tudo com as próprias mãos.

A trama não é aquela beleza, pra ser mais sincero é uma tremenda bos#$%. Acho que não dá nem pra justificar a ação dos heróis…

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH 2

O Jogo

O jogador tem o direito de escolher entre 4 personagens do jogo, que são eles: Alana McKendricks, Ben Jackson (mais conhecido como Smasher), Hawk Manson e Mace Daniels. Cada um deles possui seus próprios golpes, estilos de luta, e golpes especiais.

Qualquer que seja o personagem escolhido, não há mudança na história do jogo e você passará pelos mesmos cenários, enfrentará os mesmos inimigos, resumindo o negócio aqui é dar porrada, e quando puder, utilizar algumas armas disponíveis no cenário.

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH 3

Jogabilidade

A jogabilidade é aceitável, porém, o personagem na hora da porrada fica um pouco lento o que permite aos adversários acertarem seu personagem sem dó, a câmera atrapalha um pouco o que dificulta na hora das lutas, as chances de golpear o ar são altíssimas e abre brecha para tomar danos desnecessários dos inimigos.

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH 4
Gráfico supimpa!

Gráficos

Quem está acostumado com a atual geração vai estranhar, obviamente estamos falando de um game com mais de 20 anos de existência, apesar de não ter um gráfico de surpreender para os moldes de hoje, naquela época ele também não era grandes coisas, mas tinha aquele charme e quem queria diversão, não ligava muito para isso.

FIGHTING FORCE | QUICK MATCH 5
Eu acho que alguém vai se machucar muito, mas é aquilo, só acho…

Concluindo

Fighting force é daqueles games em que o foco é mais diversão e zuera, do que fazer as missões focando em terminar o game. O jogo não tem os melhores gráficos para a época, mas da para o gasto. Se vale a pena? Sim, ainda mais quando jogado com um amigo, o negócio fica muito show.

Prós

  • Boa diversão
  • interação com o cenário
  • variedade de armas

Contras

  • Os comandos são lentos
  • história e gráficos medianos.

Veredito 4 - BOM

Acompanhe mais do LEPOP:
Gosta de Contos e Literatura? Então conheça o CRONICANDO
Gosta de Games? Então dê uma conferida no LEPOPGAMES e no QUICK MATCH
Gosta de Podcast? Então ouça o LEPOPCAST.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos e não deixe de se inscrever em nosso canal do YouTube, curtir nossa página no Facebook, seguir a gente no Twitter. E, claro, deixar aquele joinha e comentar.

Até o próximo QUICK MATCH.


Carlo Barbagalo

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e Educação física, gosta de musculação e artes marciais. Atualmente está focado em seu desenvolvimento pessoal e nas horas vagas coleciona figuras de ação de tokusatsus, curte games, cinema e séries.