Le|Pop
nioh-2-LEPOP

NIOH 2 | QUICK MATCH

Nessa altura do campeonato é impossível existir alguém no mundo que não tenha jogado Nioh, o primeiro game da série narrou a historia de William Adams lutando contra uma porrada yokais no Japão do ano 1600. Nioh 2 se passa antes do primeiro game e traz poucas mudanças em relação ao seu antecessor, sendo beeeem sincero pra que mexer em time que está ganhando? No QUICK MATCH de hoje vamos dar uma olhada nessa belezura feita para quem gosta de sofrer!

nioh-2-LEPOP

Ficha Técnica

Título: Nioh 2
Lançamento: 13/03/2020
Plataforma:  Playstation 4
Desenvolvedora: Koei Tecmo / Team Ninja
Distribuidora: Sony

Não é novidade que Nioh seguiu o caminho de outros grandes games que exploram o gênero, dificuldade ao extremo, chefões pra lá de apelões e aquela dose de desilusão que por um vacilo te faz perder aquele trampo suado. A verdade é que games desse estilo ganham mais e mais fãs que em troca de superar seus limites, sofrem como condenados durante a jogatina. Quem jogou o primeiro game já sabe como funcionam as regras e Nioh 2 não veio pra ser mais fácil não, o jogo foi forjado pelas mãos de satã…

TRAMA

O ano é 1555, a guerra interminável transformou a nação em uma terra de caos, infestada por Yokais, espíritos do mal que se alimentam de suas vítimas. É neste cenário de perturbações incessantes que conhecemos nosso protagonista, um mercenário caçando Yokai na província de Mino. Este caçador de demônios esconde um terrível segredo: é apenas metade humano, um órfão de sangue humano e yokai, incapaz de encontrar um lugar entre os humanos.

Em uma terrível batalha, o protagonista perde o controle sobre seu lado Yokai, é neste momento que entra em cena Toukichiro um cara que vende as estranhas “Spirit Stones”; artefatos imbuídos de magia que ajudam o usuário a comunicar com espíritos Yokai, Toukichiro consegue remediar a situação e impedir que o pior aconteça. Nosso caçador de demônios então retoma o controle de seu lado demoníaco. Daí em diante, os dois decidem unir suas habilidades e partem para encontrar mais das poderosas Spirit Stones, sua missão é rastrear esses artefatos e garantir que sejam usados para o bem.

O JOGO

Cara, sendo sincero, se você jogou Nioh não vai sentir mudança nenhuma. Claro, há alguma adições que tornam o jogo interessante, mas não ao ponto de dizer que foram feitas grandes modificações e que Nioh 2 é um game completamente diferente do primeiro jogo. Para ser mais direto, vou comentar essas novidades:

  • Metade humano, metade yokai – O protagonista que não tem um nome definido (quem define isso é você), tem a habilidade de se transformar em um yokai, mas não pensa que isso vai acontecer na hora que você quiser, assim como no jogo anterior em que era necessário carregar a energia para invocar o seu guardião, aqui isso permanece do intocável, mas ao invés de invocar o guardião, você se torna o Yokai e pode usar suas habilidades, durante essa forma o personagem dá mais dano.
  • Túmulos Benevolentes – Bom, lembra dos túmulos amaldiçoados ou túmulos vermelhos, como preferir, eles estão lá firme e fortes, mas além deles os túmulos benevolentes (Túmulos azuis) também estão, neles podemos invocar uma ajudinha temporária que serve até para passar aquele boss chato. O bacana disso é que ao utilizar um determinado item no cenário, você consegue deixar seu tumulo benevolente para auxiliar outros jogadores e caso utilizarem, ganhamos recompensas por isso. Vale lembrar também que a ajuda online está lá também, é só invocar o amiguinho.
  • Almessências – Ao derrotar um determinado demônio, eles dropam seu espírito que ao serem purificados no altar, é possível utiliza-los em batalhas. Estes espíritos são de grande ajuda e se usados no momento certo, dão bastante dano.
  • Sudamas – Além dos Kodamas que ainda são encontrados espalhados nos cenários e nos altares, há os Sudamas que são Kodamas corrompidos, estes espíritos só atacam se forem atacados ou se não gostarem da sua oferenda, do contrário dê algum item de interesse para eles e será retribuído com itens valiosos.

JOGABILIDADE

Como disse anteriormente, quem jogou o primeiro game, não vai sentir diferença nenhuma. Tudo igual! Quem nunca jogou, meu irmão, não vai ter dificuldade é bem tranquilo aprender as malícias aqui e se tiver dificuldade com alguma coisa, recorra ao tutorial.

GRÁFICOS

Se te disseram que teve alguma mudança gráfica em relação ao primeiro game, juro pra vocês, me apontem que não vi nada disso e olha que não acho os gráficos de Nioh ruins não, pelo contrário, são bem trabalhados e passam o clima sombrio o tempo todo. Resumindo, a Team Ninja acertou em manter o que deu certo no primeiro game.

Nioh 2 | Launch Trailer | PS4

CONCLUINDO

Nioh 2 continua com a fórmula que garantiu o sucesso do primeiro game, com algumas adições o game ficou mais interessante. É fato, em matéria de história ponto característico da Team Ninja, o jogo perdeu muita coisa, por outro lado, ganhou em gameplay e isso é o que importa.

Nioh 2 preservou muita coisa do primeiro jogo e soube manter a dificuldade com algumas inovações na medida certa, sem dúvidas é dos jogos que não pode faltar no arsenal de quem curte games com dificuldade extrema.

DIAMOND FILMS DIVULGA PÔSTER DE ‘MIDWAY - BATALHA EM ALTO MAR’ 2

Se você é novo(a) por aqui, aproveite pra conhecer mais do LEPOP:
Gosta de Contos e Literatura? Então conheça o CRONICANDO
Gosta de Games? Então dê uma conferida no LEPOPGAMES e no QUICK MATCH
Gosta de Podcast? Então ouça o LEPOPCAST.
Gosta de Action Figures? Então acompanhe o LEPOP ACTION REVIEW.

Se depois de tudo isso você viu que vale a pena acompanhar o nosso trabalho, se inscreve lá no nosso canal do YouTube, dá uma curtida na nossa página no Facebook, segue a gente no Instagram e no Twitter. Assim você fica por dentro de todas as novidades daqui do LEPOP. E pra não perder nenhuma notificação você pode entrar no nosso canal no Telegram.

Até o próximo QUICK MATCH.


Carlo Barbagalo

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e Educação física, gosta de musculação e artes marciais. Atualmente está focado em seu desenvolvimento pessoal e nas horas vagas coleciona figuras de ação de tokusatsus, curte games, cinema e séries.