Le|Pop
MACABRO-BANNER-LEPOP

MACABRO É O PRIMEIRO FILME NACIONAL E INÉDITO LANÇADO NO CIRCUITO DE DRIVE INS

PRIMEIRA SESSÃO É HOJE, DIA 28 DE JULHO, NO BELAS ARTES DRIVE IN EM SÃO PAULO

MACABRO-POSTER-LEPOP

Dos mesmos produtores de “Tropa de Elite” e premiado como “Melhor Filme” no Brooklyn Film Festival, o longa brasileiro MACABRO, dirigido por Marcos Prado (Estamira), estreia no Cine Belas Artes Drive-In, em São Paulo e no Lovecine Drive-in no Rio de Janeiro a partir de hoje dia 28 de julho.

MACABRO é inspirado na história real de Ibraihim e Henrique de Oliveira, os “Irmãos Necrófilos”, que nos anos 90 foram acusados de brutais assassinatos de oito mulheres, um homem e uma criança, na Serra dos Órgãos, em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. O filme teve estreia nacional durante a 42a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, foi exibido no Festival Internacional de Cinema do Rio e sua estreia internacionalmente foi na competição oficial do Festival de Austin no Texas, premiado como melhor filme, na categoria “Dark Matters” do Austin Film Festival, além de ter vencido o prêmio de melhor filme pelo júri popular no Brooklin Film Festival, em junho de 2020.

Os crimes narrados no filme foram amplamente noticiados na mídia nos anos 90, quando assassinatos em série cometidos por dois jovens irmãos negros, seguidos de estupro, estavam acontecendo na região serrana, envoltos em lendas e histórias sobrenaturais, contadas pelos próprios moradores – uma comunidade de imigrantes suíços, extremamente religiosa e conservadora.

A captura dos “Irmãos Necrófilos” foi uma das missões mais longas e difíceis da história do BOPE. O filme adota esse ponto de vista, ao acompanhar o sargento Teo (Renato Goés), um jovem policial que nasceu na região e passa por uma crise profissional e ética, quando é resignado para voltar à sua cidade natal na busca pelos suspeitos escondidos na Mata Atlântica.

 A ideia de fazer MACABRO surgiu em 2009, quando o diretor teve acesso a detalhes sobre o caso. Nessa época Prado foi procurado pelo advogado de Henrique, um dos irmãos que se encontrava preso, alegando que ele havia sido condenado injustamente – que não haviam provas contra Henrique, e que ele não havia participado dos crimes com o irmão Ibrahim. 

Como ter certeza de que Henrique havia ou não participado dos crimes? Como construir uma narrativa em que deixasse essa suspeita sem solução? Quais seriam as motivações para esses crimes tão bárbaros? Porque a maioria dos crimes foram feminicídios? “O que mais me chamou atenção nessa história, além das barbaridades dos crimes em série cometidos pelos ‘irmãos necrófilos’ e as lendas criadas pelos locais, é que talvez Henrique tenha sido condenado injustamente a 49 anos de prisão. Eram muitas perguntas sem respostas e uma porção de camadas a serem exploradas”, comenta Prado, diretor de “Paraísos Artificiais”, “Estamira” e “Curumim” e produtor dos filmes “Tropa de Elite 1 e 2”.

 O roteiro de MACABRO, escrito por Lucas Paraizo e Rita Gloria Curvo, é fruto de uma extensa pesquisa por parte dos roteiristas e do próprio diretor, em fóruns, processos, autos de julgamentos, entrevistas com moradores da região e com o próprio acusado, Henrique de Oliveira

MACABRO foi rodado numa região próxima onde os crimes aconteceram e que até hoje está na memória e no imaginário de quem vive naquela localidade. Mas, também fala sobre o racismo cotidiano de dois garotos, que viveram em um ambiente de constante violência doméstica, cresceram violentados, autossuficientes e que tiveram que aprender a viver na floresta, para fugir da bruta realidade a qual eram expostos dentro da própria família e da comunidade onde nasceram.

Confira o trailer abaixo:

Trailer oficial: Macabro, de Marcos Prado


 SESSÕES CONFIRMADAS

Dia 28/07 – Belas Artes Drive in – SP

Dia 30/07 – Love Cine Drive in – RJ

Dia 30/07 – Drive in Pajuçara – Maceió

Dia 30/07 – Belas Artes Drive in – SP

Dia 31/07 – Belas Artes Drive in – SP

Dia 01/08 – Belas Artes Drive in – SP

Dias 07 e 08/08 – Drive in Bragança – Bragança Paulista – SP


SINOPSE

Baseado na história real dos “Irmãos Necrófilos”, dois jovens irmãos que nos anos 90 foram acusados de brutais assassinatos na Serra dos Órgãos. O suspense segue o sargento Teo em sua busca pelos suspeitos escondidos na Mata Atlântica. Enquanto a população, a imprensa e a polícia local condenam os irmãos, Teo percebe que um deles pode ser inocente e que a sociedade local revela um padrão histórico de abuso racial, uma realidade tão violenta quanto os crimes em série.


FICHA TÉCNICA

Diretor – Marcos Prado
Produtores – Marcos Prado, João Queiroz Filho e Justine Otondo
Produtores Associados – José Alvarenga Jr. e Rodrigo Pimentel
Produtoras Executivas – Justine Otondo e Mariana Bentes
Elenco – Renato Góes, Amanda Grimaldi, Lara Garin, Guilherme Ferraz, Diego Francisco, Eduardo Tomaz, Juliana Schalch, Flávio Bauraqui, Paulo Reis, João Pydd, Claudia Assunção, Osvaldo Mil, Thelmo Fernandes.
Roteiristas – Lucas Paraizo e Rita Gloria Curvo
Diretor de Fotografia – Azul Serra
Montadores – Lucas Gonzaga e Quito Ribeiro
Diretora de Arte – Ula Schliemann
Figurinista – Ana Avelar
Trilha Sonora Original
– Plínio Profeta
Editor de Som – Tomás Alem e Bernardo Uzeda


SOBRE O DIRETOR

Marcos Prado é sócio fundador da ZAZEN PRODUÇÕES e diretor de MACABRO (2019), O MECANISMO (2018) – ORIGINAL NETFLIX SERIES, PARAÍSOS ARTIFICIAIS (2010) e dos documentários CURUMIM (2016) e ESTAMIRA (2004), ganhador de diversos prêmios nos principais festivais de cinema do mundo. Como produtor, Marcos produziu TROPA DE ELITE 2 – O INIMIGO AGORA É OUTRO (2010), filme que levou mais de 11 milhões de pessoas ao cinema e TROPA DE ELITE, ganhador do Urso de Ouro no Festival de Berlin in 2008. Marcos também produziu vários outros premiados documentários como ÔNIBUS 174, GARAPA e SEGREDOS DA TRIBO. Atualmente está trabalhando na biografia do rapper Sabotage.


SOBRE A ZAZEN PRODUÇÕES

Uma das mais premiadas produtoras de cinema do Brasil e responsável por MACABRO, PARAÍSOS ARTIFICIAIS, TROPA DE ELITE 2, filme brasileiro de maior público na história do cinema nacional, TROPA DE ELITE, vencedor do Urso de Ouro em 2008. Criada em 1997, a Zazen também produziu os documentários CURUMIM, SEGREDOS DA TRIBO, GARAPA, ESTAMIRA, documentário de maior público nos cinemas em 2006, ÔNIBUS 174, vencedor do Emmy Awards e OS CARVOEIROS.

Reconhecida mundialmente pela alta qualidade de suas produções, a Zazen tem seus filmes distribuídos em cinema e TV para diversos países por empresas como Netflix, Globo, IM Global, Universal Pictures, Paramount Pictures, HBO, National Geographic, Arte France, BBC, NHK, ThinkFilm, Rio Filme, SIC Portugal, GNT, Canal Brasil, entre outras.

Além de ter recebido diversos prêmios nos principais festivais nacionais, seus filmes representaram o Brasil em festivais internacionais como Festival Internacional de Berlim, Emmy Award (EUA), Sundance Film Festival (EUA), Karlovy Vary (Rep. Tcheca), Havana (Cuba), Festival Internacional de Documentário de Marseille (França), Direitos Humanos de Nuremberg (Alemanha), Festival Internacional de Rotterdam (Holanda), Festival Internacional de Documentários de Chicago (EUA), entre outros.


SOBRE QUEROSENE FILMES

A Querosene Filmes é formada pela união das experiências complementares de João Queiroz e Justine Otondo, que combinam a capacidade de captação de recursos e gestão financeira com a habilidade em produção executiva de projetos nacionais e internacionais. A equipe participa ativamente de todos os processos que envolvem a realização de um produto audiovisual, sempre em estreita cooperação com os talentos associados.

 Através de parcerias estabelecidas com grandes players do mercado como a FOX, Warner, Universal, Paris Filmes, Globo Filmes, a Querosene realiza produtos competitivos no mercado e de alta qualidade artística, tendo sido premiados em grandes festivais nacionais e internacionais, como Mostra Internacional de Cinema de São Paulo,  Festival Internacional de Guadalajara, Festival de Havana,  entre muitos outros. Em 11 anos de existência a Querosene produziu ou co-produziu 14 longa-metragens nacionais e internacionais, com filmagens em SP, Rio, Buenos Aires, Montevidéu, Tóquio, Cidade do México, entre outros.


SOBRE A GLOBO FILMES 

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 300 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’, ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar e Bacurau que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.


SOBRE A PANDORA FILMES

A Pandora é uma distribuidora de filmes independentes que há 30 anos busca ampliar os horizontes da distribuição de filmes no Brasil revelando nomes outrora desconhecidos no país, como Krzysztof Kieślowski, Theo Angelopoulos e Wong Kar-Wai, e relançando clássicos memoráveis em cópias restauradas, de diretores como Federico Fellini, Ingmar Bergman e Billy Wilder. Sempre acompanhando as novas tendências do cinema mundial, os lançamentos recentes incluem os vencedores da Palma de Ouro de Cannes: “The Square – A Arte da Discórdia”, de Ruben Östlund e “Parasita”, de Bong Joon Ho, que além de ter garantido o prêmio de Melhor Filme no Oscar 2020, ganhou outras três estatuetas: Melhor Direção, Melhor Roteiro Original e Melhor Filme Internacional.

Paralelamente aos filmes internacionais, a Pandora atua com o cinema brasileiro, lançando obras de diretores renomados e também de novos talentos, como Ruy Guerra, Edgard Navarro, Sérgio Bianchi, Beto Brant, Fernando Meirelles, Gustavo Galvão, Armando Praça, Helena Ignez, Tata Amaral, Anna Muylaert, Petra Costa, Pedro Serrano e Gabriela Amaral Almeida.

PANDORA-FILMES-BANNER-LEPOP

(Texto, Vídeo e Imagens: Divulgação)

Siga o LEPOP nas redes sociais: Facebook | Twitter | YouTube | Instagram | Telegram

Se você é novo(a) por aqui, aproveite pra conhecer mais do LEPOP:
Gosta de Contos e Literatura? Então conheça o CRONICANDO
Gosta de Games? Então dê uma conferida no LEPOPGAMES e no QUICK MATCH
Gosta de Podcast? Então ouça o LEPOPCAST.
Gosta de Action Figures? Então acompanhe o LEPOP ACTION REVIEW.
Agora, se quer ouvir a gente opinando, reclamando e palpitando, então o LEPOPBOX é o que você procura.

Se depois de tudo isso você viu que vale a pena acompanhar o nosso trabalho, se inscreve lá no nosso canal do YouTube, dá uma curtida na nossa página no Facebook, segue a gente no Instagram e no Twitter. Assim você fica por dentro de todas as novidades daqui do LEPOP. E pra não perder nenhuma notificação você pode entrar no nosso canal no Telegram.

Muito obrigado e até a próxima.


Nicolas Barreto Maia

Formado em Educação Física, apaixonado por esportes e games, me aventurando no universo das séries e do cinema.

LEPOP CLUSTER

LEPOP-CLUSTER-POPUP-BANNER-2